São Paulo, 02 de Janeiro de 2012.

Olá, amigos do Kart Masters,


É com muita orgulho que divulgamos o resumo da nossa temporada 2011, encerrada no dia 17 de Dezembro no Kartódromo de Interlagos após 11 meses de muitas disputas, risadas e companheirismo, características que sempre marcaram positivamente nosso campeonato.


Durante o ano recebemos em nosso grupo novos e velhos amigos que vieram agregar competência e qualidade ao Kart Masters, que é reconhecidamente um dos melhores campeonatos do kartismo amador de SP.


O ano de 2010 terminou com a hegemonia de Raphael Mesquita, bicampeão da Categoria Principal, tornando-o favorito para conquistar o tricampeonato da mesma forma que a Kart Kent (composta por Raphael Mesquita e Rafael Mantovani) tentaria o tri entre as equipes. Rafael e Almir Pastore, respectivamente vice-campeão e terceiro lugar no ano anterior, estavam entre os favoritos para desbanca-lo, assim como pilotos do nível de Mathias Melcon e Bruno Braz, que traziam como credenciais bons resultados na temporada passada.


Começamos 2011 com a disputa do ENKASP - principal torneio de Endurance entre clubes de kart amador do Brasil - onde a equipe do KM, composta por Raphael, Rafael e Dany Ruggier (contando com o suporte do organizador Bruno Braz) buscava um titulo inédito para o clube, que conquistou o ‘Best Driver’ em 2009. Em uma corrida de 5 horas de duração, com paciência, bom planejamento e entrosamento entramos na última meia hora de prova na liderança geral, até a última troca de karts onde nosso equipamento apagou na saída dos boxes e nos deixou ‘na mão’; perdemos bastante tempo para efetuar a troca mas no final da prova, após muita polêmica com o regulamento, conseguimos uma honrosa quarta colocação – pódio entre os melhores clubes de SP. Excelente resultado para nosso clube, começando bem o ano.


CATEGORIA PESADOS

Neste ano houve a introdução da Categoria Pesados, atendendo às necessidades daqueles pilotos que sofriam com a desvantagem de peso na Categoria Principal e agregando novos competidores ao nosso já competitivo grupo.


Esta disputa, que ao longo do ano, contou com participações de nomes como Miguel Cappuccio e Wendell Capraro (organizadores da AMIKA e CPKA, respectivamente), teve o domínio de Cesar Ramos nas primeiras etapas; porém o piloto precisou deixar o campeonato por motivos profissionais e deixou o caminho livre para uma verdadeira ‘batalha’ protagonizada por três pilotos: Horácio BotaRicardo Bezerra e Róbson Nogueira, que de forma limpa e arrojada levaram a disputa até a última etapa, onde Horácio levou a melhor e faturou o título, com Ricardo levando o vice e Robson em terceiro lugar.


Ano que vem a categoria, que durante o ano contou com a participação de 40 pilotos, promete novos postulantes ao caneco!


CATEGORIA PRINCIPAL

A categoria manteve a mesma fórmula de disputa do ano anterior, com a primeira etapa onde as três baterias tinham pontuação igual e a partir da segunda houve a divisão entre Masters, Medium e Light.


O critério de pontuação sofreu alteração, onde o vencedor da bateria Masters conquistava pontuação maior do que o vencedor da Medium, que por sua vez obteve pontuação maior que o vencedor da Light – e assim sucessivamente para as demais posições. Esse formato faria justiça aos pilotos que batalharam para chegar na Masters, uma vez que um piloto de categoria abaixo teria maior dificuldade de subir para a categoria acima.


Na primeira etapa Raphael Mesquita obteve um bom resultado e despontava novamente como um dos principais candidatos ao titulo, porém o destino tratou de pregar uma peça no bicampeão: em uma bateria entre amigos disputada na Granja Viana, infelizmente Raphael sofreu um acidente e fraturou um osso da mão, afastando-o das pistas por um longo tempo e dando oportunidade para outros pilotos brigarem pelo título desta temporada.


Durante o ano, quatro pilotos surgiram como candidatos ao titulo: Mathias MelconBruno BrazRodrigo Lara e Rafael Mantovani, sendo que nas últimas etapas os dois primeiros despontaram como favoritos e, assim como na Categoria Pesados, a disputa foi até a última etapa, realizada em Interlagos – Mathias e Bruno estavam separados por apenas 2 pontos e Rodrigo ainda com chances matemáticas. Em uma corrida irrepreensível, Mathias utilizou uma tática defensiva e cautelosa para conquistar merecidamente o tão desejado título da Categoria Principal. Bruno ficou com o vice-campeonato, seguido de Rodrigo, Rafael eHerbert Menezes, surpresa do campeonato e nome a ser observado para o próximo ano. Entre as equipes, com a ausência da Kart Kent as honras ficaram com a equipe KM1, formada por Bruno Braz e Rodrigo Chafick.



Encerramos a temporada 2011 com sensação de dever cumprido, conquistando novos amigos e elevando o nível do Kart Masters a um patamar superior ao do ano passado – além do organizador e fundador Bruno Braz, temos novos membros na Organização do KM (Rafael Mantovani, Raphael Mesquita, Robson Nogueira e Horácio Bota), o que torna nosso trabalho mais dinâmico e eficiente na formação das baterias – durante o ano tivemos a participação de quase 140 pilotos e para atender a todos adequadamente precisamos dividir tarefas, e acreditamos que cumprimos nossa função da melhor forma possível. Tivemos a oportunidade de conhecer o excelente Kartódromo de Paulínia na etapa de Novembro, devido ao fechamento de Interlagos durante o GP Brasil de F1, e vamos utilizá-lo no calendário de 2012 do Kart Masters, assim como o Kartódromo da Granja Viana retorna ao nosso calendário após uma ausência de 2 anos. Interlagos deixará nosso calendário, com a possibilidade de retornarmos futuramente caso haja melhora nos serviços oferecidos ao KM.



O Campeonato de 2012 trará muitas novidades para os pilotos do Kart Masters – além do novo calendário (já divulgado), temos mudanças no regulamento, que promete ser mais um ingrediente que agregará valor ao campeonato.


Desejamos um Feliz Ano Novo a todos os pilotos e amigos do KM e que estejamos juntos nas pistas nesse ano que se inicia, com muitas disputas, amigos e diversão, como deve ser.


Abraços a todos!


Bruno Braz, Rafael Mantovani, Horácio Bota, Robson Nogueira e Raphael Mesquita – Equipe de trabalho Kart Masters.